Conhecer, Desenvolver e Preservar

Escola da Amazônia

Escola da Amazônia

Plantando o futuro da Amazônia

O Programa Escola da Amazônia, iniciado em 2002, foi uma co-criação da presidente da FEC, Vitória Da Riva e os biólogos Silvio Marchini e Edson Grandisoli. O objetivo é envolver os jovens no cuidado com o maior patrimônio natural do planeta: nossa biodiversidade. O público alvo do programa são professores e alunos, já que são eles, na relação de construção de conhecimento, a base multiplicadora deste processo.
Atualmente, o programa mantém o projeto Um Dia na Floresta, que acontece em um fragmento de 60 hectares de mata nativa conservada, na área urbana de Alta Floresta – MT. Criado em 2008, o projeto atende escolas públicas do município e região, desenvolvendo atividades como caminhadas, observações da fauna e flora, práticas artísticas e dinâmicas em plena Amazônia, com o objetivo de sensibilizar e divertir, além de despertar a curiosidade, um novo olhar e uma nova conexão com a floresta.Doando, você proporciona que crianças de escolas públicas tenham esta experiencia incrível de conhecer a Floresta Amazônica. CLIQUE AQUI PARA DOAR
 

Fungos

Fungos

Gerar conhecimento sobre esse grupo de grande importância ecológica é fundamental

O estudo sobre a diversidade de fungos ainda é escasso no mundo, conhecendo-se cerca de 7% de sua totalidade. São organismos imprescindíveis para o funcionamento dos ecossistemas terrestres e foco de uma ampla pesquisa, nas RPPNs Cristalino, sob a coordenação da Fundação Ecológica Cristalino – FEC, em parceria com o Laboratório de Micologia da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e a Parataxonomista alemã Susanne Sourell.

O objetivo do Projeto é conhecer a diversidade de fungos macroscópicos da região, traçar metas futuras para estudos aplicados nas áreas das Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde. Além disso, pesquisadores de universidades brasileiras e estrangeiras estão envolvidos, auxiliando na identificação e descrição de possíveis espécies novas para a ciência. Este Projeto já possui lindos resultados como dois Guias fotográficos organizados entre a Susanne e outros especialistas colaboradores. Doando, você nos ajuda a realizar incríveis descobertas sobre os Fungos Amazônicos!! CLIQUE AQUI PARA DOAR
 

MONITORAMENTO DE BIODIVERSIDADE DAS RPPN’s CRISTALINO

MONITORAMENTO DE BIODIVERSIDADE DAS RPPN’s CRISTALINO

É preciso conhecer a nossa biodiversidade para podermos preservar este bem incalculável

A região da Amazônia mato-grossense sofre uma forte pressão de desmatamento “arco do desmatamento”, onde a fronteira agrícola e imobiliária avança em direção à floresta. Nessa região, as RPPNs Cristalino, junto com outras unidades de conservação, faz parte de um importante corredor ecológico. Devido à intensa supressão de habitat que sofre, e por abrigar grande biodiversidade, a Amazônia mato-grossense é considerada como uma das mais importantes regiões para conservação, ressaltando a importância e urgência de esforços que promovam o conhecimento e proteção de sua biodiversidade.

A FEC,em parceria com especialistas do Brasil, está realizando um grande estudo com as espécies de Borboletas, Aves, Mamíferos e Plantas das Reservas Cristalino, com o objetivo de conhecer e traçar metas para proteger esta grande biodiversidade que sofre sérios riscos. Doando, você ajuda a proteger espécies amazônicas ameaçadas de extinção!! CLIQUE AQUI PARA DOAR
 

Cristalino Flora PROGRAM

Cristalino Flora PROGRAM

KNOWLEDGE IS KEY TO THE CONSERVATION AND APPRECIATION OF THE SOUTHERN AMAZON

In order to promote the conservation of the Cristalino region through the generation of scientific knowledge of the region’s flora, the Cristalino Flora Program was set up in 2006, under a partnership between the FEC and the Royal Botanic Gardens at Kew, in the United Kingdom, supported by UNEMAT (State University of Mato Grosso), Fauna & Flora International (FFI) and Rio Tinto. It was the first study to be conducted of the flora in the north of Mato Grosso state and as a result, 1,366 species of vascular plants (626 genera and 151 families) were catalogued, across eight different types of vegetation.

The materials were herborized and sent to UNEMAT, thereby assisting the setting up of the first Herbarium of the Southern Amazon (HERBAM) on the UNEMAT campus in Alta Floresta. In addition to producing the book Vegetation and Plants of the Cristalino, the program contributed considerably to knowledge of the local flora and especially the discovery and description of species that were new to science, such as the Cristalino passion flower (Passiflora cristalina), ichthyothere (Ichthyothere sasakiae), sciadocephala (Sciadocephala gracieliae) and the guarea (Guarea zepivae).

rEGULatiNG THE RESEaRCH

rEGULatiNG THE RESEaRCH

SUPPORT To RESEaRCH AIMED AT EXPANDING AND DISSEMINATING KNOWLEDGE

This project, funded by the Boticário Group Foundation, focuses on the organization, regulating the usage and dissemination of research carried out in the Cristalino Nature Reserves. A database has been set up to make the research results available to interested parties. Rules have been drawn up for the use of the reserves by researchers, to ensure safety; that information (conservation education) is provided to the local communities and visitors; that gaps in knowledge, identified in the management plans, are addressed; that the research carried out contributes to the conservation of the region; and the generation of financial support for the management of the reserves.

Once the requirements have been met, the FEC kicks off an activity, aimed at increasing knowledge about the region, through partnerships with Brazilian and foreign teaching and research institutions. One result has been technical cooperation arrangements with the UFMT (Federal University of Mato Grosso) and UNEMAT (State University of Mato Grosso) in Alta Floresta. The Floresta Amazônica Hotel and the Cristalino Lodge are both partners in this endeavour.

Estudos do meio

Estudos do meio

Parceria entre FEC e Universidade de Tübingen promove aulas de campo na Floresta Amazônica

Há 12 anos, alunos da Universidade de Tübingen (Alemanha) dos cursos de Zoologia e Geoecologia vêm ao Brasil, sob orientação do Professor Rainer Radtke, para realizar pesquisas de campo. Na Viagem Tübingen – Brasil, eles têm a oportunidade de desenvolver estudos com vários grupos (animais ou plantas) nos biomas brasileiros. Por se tratar de uma área importante no cenário conservacionista, as RPPNs Cristalino são um dos seus principais destinos.

Vários trabalhos já foram desenvolvidos, como por exemplo o estudo da distribuição de duas espécies de sapos; Ameerega flavopicta e Adelphobates galactonotus. Os autores concluem que a distribuição está diretamente relacionada com as características do ambiente, sendo limitada a uma pequena área durante o período seco (Schlenhardt, 2012), aumentando a distribuição no período chuvoso (Benner, 2014). Apesar do curto período de realização, estes trabalhos servirão de arcabouço para pesquisas sobre a ecologia deste grupo tão importante no Rio Cristalino.

Local DeVelOPment

Local DeVelOPment

Sustainable economic activities around the Cristalino State Park can contribute to its preservation and reduce the present environmental impacts, as the communities inhabiting the buffer zone are seeking to develop sustainable economic activities that can yield income generation, improved quality of life and environmental protection.

Consequently, in 2011, an Analysis and Participatory Planning of the Gleba Divisa Lands (Novo Mundo/Mato Grosso state) was conducted through a partnership between the Cristalino Ecological Foundation, Fauna & Flora International, the Tarley Rossi Villela state school and the Association for the Sustainable Development of the Gleba Divisa Lands, plus support from several local organizations. This effort is part of the Integrated Project for the Conservation and Economic Sustainability of the Gleba Divisa (PIPAES), which is integrating endeavours, technical cooperation and grassroots arrangements to develop a process of protagonism that can bring sustainability to the region. The document includes the methodological aspect of the participatory process, as well as a Conservation and Development Plan for the next 10 years.

ProjeCt FOR THE COEXISTENCE OF PEOPLE AND JAGUARS

ProjeCt FOR THE COEXISTENCE OF PEOPLE AND JAGUARS

Under the People and Jaguars Project, led by biologist Silvio Marchini, the FEC conducted a study to identify factors – besides the economic ones – that explain the variations in the hunting of jaguars along the Amazon’s agricultural frontier. The study sought to evaluate the knowledge, beliefs, attitudes and social norms that determine the hunting and killing of jaguars and pumas in the vicinity of the Cristalino State Park.

Having identified the factors, an educational and communication program was developed to increase local knowledge and awareness, in order to change attitudes and promote behaviour that is compatible with conservation of the species. Supporting materials, such as the Guide to the Coexistence of People and Jaguars, written by Silvio Marchini and Ricardo Luciano, and educational booklets for children, owe much to the efforts of Tiago Henicka, a biologist who worked directly on this project). The traveling theatre show – Sassá, the jaguar – presented in schools by the Experimental Theatre group, is another successful initiative.

Baixe artigos técnicos e científicos, normas e informações sobre nossa infraestrutura.

Relatórios e documentos >